Horário de Atendimento: 8h às 17h

Crea-GO participa de audiência pública sobre Marginal Botafogo

            O 1º vice-presidente do Crea-GO, Eng. Civ. Ricardo Veiga, representou o Conselho goiano, ontem (7/3), em audiência pública para discutir a situação da Marginal Botafogo. A sessão, organizada pela vereadora Sabrina Garcez (PMB) e o vereador Gustavo Cruvinel (PV), discutiu os recentes problemas da via. A audiência foi realizada na sala de reuniões da Presidência da Câmara Municipal de Goiânia.

            Além de Ricardo Veiga e os vereadores Sabrina Garcez e Gustavo Cruvinel, a reunião contou também com as presenças do conselheiro e coordenador especial da Política Urbana e Ambiental do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Goiás (CAU/GO), Luciano Mendes Caixeta; do engenheiro civil Everton Schmaltz, responsável pelos estudos da via em 2010 e 2015; do titular da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos de Goiânia (Seinfra), Francisco Ivo; do diretor de Fiscalização da Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade (SMT), André Gonçalves; e do professor de Engenharia de Transporte da Universidade Federal de Goiás (UFG), João Paulo Souza.

            Na ocasião, Everton Schmaltz destacou a necessidade de um estudo definido do sistema de drenagem de Goiânia, os problemas estruturais em todos os trechos da Marginal e a importância da via como o principal sistema modal da cidade. “É a principal ligação Sul-Norte, perfeitamente acoplada à Avenida Goiás”, destacou. Já a vereadora Sabrina Garcez relatou as intervenções pontuais em consequência das chuvas, a falta de um acompanhamento constante da via, assim como um plano de estruturação e ressaltou a sua preocupação: “se uma vida for perdida, será uma perda irreparável”. O secretário Francisco Ivo, por sua vez, revelou que há 15 pontos da Marginal Botafogo em estado crítico, segundo avaliações visuais, e que todos os trechos estão interditados.

            Para Ricardo Veiga, a audiência foi interessante, pois “durante a reunião, foi discutido de forma técnica e esclarecedora, o projeto de revitalização da Marginal Botafogo, já que estavam presentes representantes da SMT, Seinfra e o engenheiro Everton Schmaltz, responsável pelo estudo da Avenida”, explicou Ricardo, que ainda reforçou que o Crea-GO está à disposição para auxiliar como puder em todo o processo.

 

Técnicos do Crea-GO, do CAU, da UFG, da Prefeitura de Goiânia e outros discutem os problemas da Marginal Botafogo em audiência (Foto: Marcelo do Vale)
Técnicos do Crea-GO, do CAU, da UFG, da Prefeitura de Goiânia e outros discutem os problemas da Marginal Botafogo em audiência (Foto: Marcelo do Vale)

Baixe nossos Aplicativos 

   



 

Redes Sociais