×

“Casas da Engenharia estão a serviço da sociedade”, afirma Francisco Almeida

De acordo com o presidente, as instalações devem servir de espaço para debater e propor soluções para os problemas locais.

Publicado: 05/11/19 12:38
Fonte: Assessoria de Imprensa do Crea-GO


[noticia: casas-da-engenharia-estao-a-servico-da-sociedade-afirma-francisco-almeida] A Casa da Engenharia de Mineiros, que foi reinaugurada em 23 de outubro, após reforma e ampliação - CASA_ENGENHARIA_MINEIROS_01.JPG A Casa da Engenharia de Mineiros, que foi reinaugurada em 23 de outubro, após reforma e ampliação

Além da sede do Conselho, em Goiânia, o Crea-GO possui, atualmente, 28 inspetorias espalhadas pelo Estado. Anteriormente com foco no atendimento e prestação de serviços aos profissionais, as inspetorias alteraram suas funções, uma vez que a maior parte dos serviços do Crea-GO estão disponíveis pela internet, podendo ser realizados via atendimento online, no site do Conselho. Assim, desde 2015, as inspetorias são transformadas em Casas da Engenharia.

O projeto Casa da Engenharia visa estabelecer uma nova padronização para as atividades do Crea-GO. A proposta permite que a Autarquia seja facilmente reconhecida pela comunidade, que a identidade do Conselho seja fortalecida nos municípios e que a Casa da Engenharia se torne um espaço de integração entre a comunidade tecnológica e a população local.

Com o projeto, o Crea cria ambientes – com auditório e área de convivência devidamente preparados –, que ficam à disposição das comunidades municipais e onde podem ser realizadas discussões e apresentadas soluções para o desenvolvimento sustentável das cidades.

“Considerando que todos os serviços do Crea podem ser prestados virtualmente, as inspetorias, no novo formato, têm suas instalações a serviço da sociedade e dos profissionais das cidades, para que realizem reuniões, cursos e eventos de interesse dos municípios”, destaca o presidente do Crea-GO, Eng. Francisco Almeida.

Para o presidente, é função dos profissionais do Sistema Confea/Crea propor soluções para os problemas que envolvem a Engenharia, a Agronomia e as Geociências. “Não existe desenvolvimento sustentável sem a ação dos nossos profissionais, então temos a obrigação de ajudar nas discussões dessas questões, propondo soluções que ajudem no ordenamento dos municípios e de todo o Estado de Goiás”, frisa.

A inspetoria do Crea em Mineiros foi a última a ser adequada ao modelo Casa da Engenharia, tendo sido totalmente reformada e ampliada em 51m², com a construção de auditório, área de convivência, sanitários, ampla plataforma de acesso externa, além de vagas de estacionamento e outras. Com a reforma e ampliação, a inspetoria de Mineiros possui, atualmente, uma área construída total de 202,52m². A Casa foi entregue aos profissionais e à comunidade mineirense em 23 de outubro. As próximas adaptações previstas são de Anápolis e Luziânia.

Anápolis

A ordem de serviço para as obras de adequação da sede própria da inspetoria do Crea-GO em Anápolis deve ser emitida já na próxima semana, com um prazo de 120 dias para finalização das obras. O projeto prevê a ampliação da inspetoria com construção de área de convivência e auditório. Atualmente, a inspetoria de Anápolis possui 291,11m² de área construída, com dois pavimentos, contendo sete salas, miniauditório, quatro banheiros e área de serviço. Após a ampliação, o prédio contará com área construída total de 361,72m².

Luziânia

Já na cidade de Luziânia, a inspetoria que abrange também Cidade Ocidental, Novo Gama e Valparaíso de Goiás, será adaptada por meio de uma parceria público-privada. Para isso, a Comissão de Licitação do Crea-GO conduziu o Chamamento Público nº 002/2019, com o objetivo de prospecção do mercado imobiliário em Luziânia, visando à locação de imóvel para sediar a nova inspetoria do Crea na cidade.

A locação seguirá o sistema “built to suit”, ou sob medida, no qual o imóvel é construído de forma a atender às necessidades e especificações do futuro locatário. A inspetoria de Luziânia deve contar com recepção com área para atendimento, sala de fiscalização, sala de reuniões, área de serviço, sanitários feminino e masculino acessíveis, auditório e área de convivência com espaço para mesas, balcão, bancada de pia, espaço para geladeira e fogão.