Free cookie consent management tool by TermsFeed Policy Generator
menu
×

Cartilha sobre protocolos para testes de Equipamentos Eletromédicos em hospitais

O objetivo é fornecer elementos de controle de qualidade para corrigir eventuais falhas

Publicado: 09/08/2022 09:02 - Fonte: Confea


[noticia: cartilha-sobre-protocolos-para-testes-de-equipamentos-eletromedicos-em-hospitais]  - Design sem nome (42).png


O avanço tecnológico no setor da saúde melhora a cada dia, contribuindo para o diagnóstico e o tratamento de inúmeras doenças. Por isso, os equipamentos eletromédicos, os aparelhos utilizados para detectar doenças, para e monitorar os pacientes devem ser mantidos em condições adequadas de funcionamento e submetidos regularmente a ensaios e verificações de desempenho.

Pensando nisso, o Grupo de Trabalho de Equipamentos Eletromédicos da Coordenadoria de Câmaras Especializadas em Engenharia Elétrica do Sistema Confea/Crea desenvolveu a Cartilha de Protocolos para Execução de testes em Sistemas de Radiologia Diagnóstica e Intervencionista.

A cartilha apresenta protocolos para orientar profissionais que realizam os chamados “testes de controle de qualidade” em equipamentos emissores de radiação para exames como mamografia, ressonância magnética, além de digitalizadores e impressoras de imagens.

Para a elaboração, foram consultados vários engenheiros e outros profissionais experientes no assunto para tratar de tópicos como habilitação profissional, exposição de trabalhadores e testes exigidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Como resultado, tem-se um material de uso amplo, tanto para engenheiros quanto para outros profissionais legalmente habilitados.

O objetivo desses testes é fornecer elementos para aceitação ou rejeição do equipamento, bem como para corrigir eventuais desvios, falhas e anomalias. Desta forma, é possível disponibilizar aos profissionais da saúde equipamentos que atendam aos requisitos legais.

BAIXE AQUI A CARTILHA

 

Gracielly Oliveira
Assessoria de Imprensa do Crea-GO

Fonte: Equipe de Comunicação do Confea