menu
×

Crea-GO inaugura edifício de ampliação em Goiânia

Valor investido pelo Crea na edificação foi oriundo de multas aplicadas a leigos pelo exercício ilegal das profissões do Sistema

Publicado: 23/11/20 13:37 - Fonte: Assessoria de Imprensa do Crea-GO


[noticia: crea-go-inaugura-edificio-de-ampliacao-em-goiania] Ampliação, que será inaugurada nesta quinta-feira, possui área construída de 2.165,92 m² (Foto: Silvio Simões) - FACHADA DO NOVO PRÉDIO.JPG Ampliação, que será inaugurada nesta quinta-feira, possui área construída de 2.165,92 m² (Foto: Silvio Simões)


O Crea-GO inaugura no dia 26 de novembro (quinta-feira), às 20 horas, em Goiânia, o seu edifício de ampliação que foi batizado com o nome do Eng. Civ. Irineu Borges do Nascimento. A obra foi executada pela Dínamo Engenharia em 12 meses, conforme contrato nº 057/2019, assinado em 23 de julho de 2019, no  valor de R$ 5.480.487,66, com aporte de R$ 2.300.000,00 do Confea. “O valor investido pelo Crea na obra foi oriundo da aplicação de multas a pessoas físicas e jurídicas por exercício ilegal das profissões da área tecnológica”, destaca o presidente do Crea-GO, Eng. Francisco Almeida.

Com projeto arquitetônico elaborado pelos arquitetos Luciana Joyce Hamer e Ronaldo Pires Martins, a edificação utilizou sistemas modernos e práticos na concepção, permitindo atender com eficácia e conforto colaboradores, profissionais, conselheiros e visitantes. O novo edifício também vai atender às demandas das entidades de classe. “Com as novas instalações, o Crea vai oferecer comodidade,  bem estar e segurança aos profissionais e visitantes que aqui chegam em busca de aprimoramento técnico e também a todos que aqui trabalham”, ressalta o presidente Francisco.

Com uma área ampliada de 2.165,92 m², que acrescida à construção existente totaliza 6.171,90m² em um terreno de 3.559,92m², a maior edificação do Crea-GO dos últimos 21 anos, que é independente, possui três pavimentos e está interligada à edificação antiga. No primeiro pavimento, a ligação se faz por uma área de recepção e nos demais pavimentos por meio de passarelas. O sistema construtivo escolhido para o prédio foi o de estrutura metálica, dinamizando o tempo de construção da obra, diminuindo o impacto ambiental e gerando economia.

Para garantir o conforto dos usuários, o Crea-GO usou recursos próprios para equipar o novo edifício. Foram investidos R$ 182.800,00 em um gerador moderno capaz de atender toda edificação (prédio novo e antigo juntos) e garantir o funcionamento ininterrupto do sistema de serviços do Crea, independente da concessionária de energia. Foram investidos mais R$ 401.405,78  em móveis, como: cadeiras e poltronas, mobiliário corporativo, armários planejados e armários de aço; e mais R$ 300.245,28 em equipamentos como ar condicionado central eletrodomésticos,  televisores, rack 19” 42U e conversor de mídia. O investimento total foi de R$ 884.451,06.

Do ponto de vista sustentável, as novas instalações estão alinhadas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas (ONU). As expectativas na redução de consumo hídrico, em 126 mil litros de água por ano, e energético, em 63 mil kWh por ano, nas instalações do novo edifício, estimam uma redução da pegada ecológica em 18,92 toneladas de CO2 por ano. Isso equivale à retirada de 10,5 carros de circulação todo ano, além de equivaler a uma média de 135 árvores plantadas anualmente.

No primeiro pavimento, foi previsto ambiente destinado a coffee break, copa, estacionamento com capacidade para 51 automóveis, portaria de acesso para pedestres controlado por meio de catracas eletrônicas e acesso de veículos com guarita. No segundo pavimento, foram previstos copa, quatro salas que viabilizarão as reuniões do colegiado, câmaras, comissões e grupos de trabalho, além de novas salas para o Departamento da Tecnologia da Informação e a Coordenadoria de Integração de Dados.

O terceiro pavimento possui um Centro de Eventos, com área total de 523,46 m², destinado exclusivamente para realização de palestras, cursos e eventos, com capacidade para mais de 400 profissionais. Para otimizar a sua utilização, foram instaladas divisórias retráteis que permitem a modulação do ambiente em quatro salas de treinamento mais um foyer e copa.

Também foram previstos a retenção de água pluvial e o privilégio à iluminação natural na maior parte dos ambientes. No projeto, ainda se destacam os seguintes itens:

  • Ar condicionado com sistema VRF, com economia de energia e eficiência térmica;
  • 4 sanitários masculinos e femininos coletivos e acessíveis (individuais) em todos os pavimentos;
  • Disponibilização de Wi-Fi em todas as salas;
  • Piso do estacionamento foi feito em elementos de concreto vazados para melhorar ainda mais a infiltração das águas pluviais, alimentando o lençol freático;
  • O sistema de alarme de incêndio, assim como toda a rede de hidrantes, foi interligado com o prédio antigo, funcionando de forma integrada em uma única rede;
  • Foram instaladas câmeras em pontos chaves, permitindo a visualização e controle da segurança;
  • Guarita para controle do acesso de veículos;
  • Instalação de um gerador capaz de atender a toda a edificação (prédio antigo e novo), assim como outra entrada de energia elétrica com nova subestação que atende toda a demanda instalada;
  • A cobertura foi executada em telhas termo acústicas de 50mm, dupla face e, juntamente com os forros (também termo acústicos).
  • As fachadas, executadas em esquadrias de alumínio com vidro laminado semirefletivo e trechos em ACM (alumínio composto), proporcionam beleza e grande luminosidade interna nos ambientes;
  • Aproveitamento da condensação de águas do ar condicionado para limpeza.