menu
×

Luziânia ganha nova sede da Casa da Engenharia

Inauguração foi realizada na noite de 19 de novembro, para número reduzido de convidados

Publicado: 23/11/20 12:39 - Fonte: Assessoria de Imprensa do Crea-GO


[noticia: luziania-ganha-nova-sede-da-casa-da-engenharia] Com 235,26 m² de área construída, a nova sede da Casa da Engenharia de Luziânia foi inaugurada no dia 19 de novembro - INAUGURAÇÃO DA CASA DA ENGENHARIA DE LUZIÂNIA 01.JPG Com 235,26 m² de área construída, a nova sede da Casa da Engenharia de Luziânia foi inaugurada no dia 19 de novembro


Respeitando a todos os protocolos de segurança em relação à Covid-19, o Crea-GO realizou, em 19 de novembro, o evento de inauguração da nova sede da Casa da Engenharia de Luziânia. A solenidade reuniu 29 participantes, entre autoridades do Sistema Confea/Crea e Mútua, do município de Cristalina, da sociedade civil organizada e lideranças profissionais.

O início do evento foi marcado pelo desenlace da faixa inauguração da nova sede da Casa da Engenharia de Luziânia, realizado pelo presidente do Crea-GO, Eng. Francisco Almeida; o presidente eleito Eng. Civ., Agric. e Seg. Trab. Lamartine Moreira; o inspetor titular de Luziânia, Eng. Civ. Sérgio de Oliveira; e o presidente da subseção de Luziânia da seccional de Goiás da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-GO), Dr. Luciano de Queiroz.

Já o descerramento da placa em homenagem aos profissionais do Sistema Confea/Crea de Luziânia e região foi feito pelo presidente Francisco Almeida e pelos inspetores da cidade: Eng. Civ. Sérgio de Oliveira, Eng. Civ. Gláucia Dias Ferreira e Eng. Eletric. Zacarias da Silva Filho.

Em sua fala, o inspetor titular de Luziânia, Eng. Civ. Sérgio de Oliveira, agradeceu à presença de todos, assim como ao presidente Francisco Almeida e equipe pela entrega da nova sede da Casa da Engenharia. “Quero que haja uma integração melhor do Crea e seus profissionais com toda a sociedade de Luziânia, por meio deste espaço. Temos um auditório, uma área de convivência e queremos que a comunidade tenha acesso a tudo isso, demonstrando nossa importância na cidade”, destacou o inspetor.

O diretor geral eleito e atual diretor financeiro da Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea – Mútua-GO, Eng. Civ. Luiz Soares de Queiroz, por sua vez, destacou estar “encantado” com a nova Casa da Engenharia da cidade. “É disso que estamos precisando: mostrar a nossa engenharia; a qualidade do nosso trabalho. Nossa casa deve refletir o que somos e esta Casa da Engenharia é um ótimo exemplo disso”, afirmou.

O presidente eleito Eng. Civ., Agric. e Seg. Trab. Lamartine Moreira também frisou a importância da interação do Crea com a população do município. “A Casa da Engenharia não é apenas para nossos profissionais. Estamos abrindo nosso espaço para a comunidade de Luziânia. Esta é uma casa que está aberta para acolher a todos, como idealizado pelo presidente Francisco Almeida”, comentou. Lamartine também abordou as parcerias firmadas pelo Crea-GO com órgãos atuantes na cidade. “Continuamos na sequência do legado deixado pelo presidente Francisco. Estou à disposição”, finalizou.

Representando o prefeito eleito de Luziânia, Diego Sorgato, o vereador eleito Tiago Machado falou da parceria do município com o Crea. “Ver espaços de construção como este é muito significativo, porque precisamos, no poder público, no século 21, pensar as cidades de forma inteligente, por meio da ciência, da tecnologia e da inovação. E tudo isso não funciona se não tivermos as engenharias pensando. Não há, no poder público, nenhum mecanismo que faça isso sem as devidas parcerias. Que o Crea possa ter no poder público municipal de Luziânia o que é necessário para que juntos pensemos uma cidade que avance”, discursou.

Por fim, o presidente Francisco Almeida salientou que o Crea-GO possui diversos acordos de cooperação técnica firmados com órgãos de diversas esferas, incluindo prefeituras e câmaras municipais. “Uma cidade inteligente é importante, mas ela só é possível com gestores inteligentes. Vamos firmar um acordo com a Prefeitura de Luziânia, por meio do qual colocaremos toda a nossa tecnologia à disposição, para que juntos, com a participação de nossos profissionais, tornemos a cidade cada vez mais sustentável”, frisou, lembrando que a estrutura da Casa da Engenharia tem exatamente este objetivo: discutir o desenvolvimento local.

Parceria público-privada inédita

A Casa da Engenharia de Luziânia foi construída por meio de uma parceria público-privada inédita entre os Creas de todo o Brasil, que isentou o Conselho goiano de utilizar recursos próprios para a construção do imóvel. A Casa foi construída no sistema de locação sob medida, também conhecido por “built to suit”, com vigência de dez anos.

A locação sob medida é uma modalidade de contrato no qual o locatário especifica ao locador a estrutura predial da construção, conforme suas necessidades e particularidades, havendo como contrapartida a segurança de viabilidade de locação por prazo pré-definido e por valor de mercado capaz de garantir a atratividade para o locador, e economicidade e celeridade para o locatário.

A sede da Casa da Engenharia de Luziânia, localizada à Av. Dona Sara Kubitscheck, Qd. 27, Lt. 9-A, Parque JK (Setor Mandu), conta com 235,26 m² de área construída. A edificação tem instalações amplas, aumentando o conforto dos profissionais e da sociedade em geral. Na Casa, foi construído auditório com capacidade para mais de 60 pessoas, que, após a pandemia, possibilitará a realização de palestras, cursos e outras atividades. Há, ainda, sala de atendimento, de reuniões e área de convivência equipada.

As instalações das Casas da Engenharia do Crea em todo o interior goiano estão a serviço da sociedade e dos profissionais de suas respectivas regiões, para que realizem reuniões, cursos e eventos de interesse, uma vez que os serviços do Crea podem ser prestados virtualmente a profissionais de todos os 246 municípios goianos. “Entregamos as estruturas físicas das Casas da Engenharia para recebermos bem as populações civil e organizada”, ressalta o presidente Francisco Almeida.