menu
×

Conferência Nacional de Engenharia Clínica é adiada

Promovido pelo Crea-GO e Abeclin, evento terá nova data anunciada em breve

Publicado: 16/03/20 15:45 - Fonte: Assessoria de Imprensa do Crea-GO


[noticia: conferencia-nacional-de-engenharia-clinica-e-adiada] - CONFERENCIA ENGENHARIA CLÍNICA ADIADO.png


Em atendimento ao Decreto 9.633, de 13 de março de 2020, assinado pelo governador do Estado de Goiás, Ronaldo Caiado; e também às orientações de autoridades de saúde, o Crea-GO e a Associação Brasileira de Engenharia Clínica (Abeclin) decidiram adiar a realização da Conferência Nacional de Engenharia Clínica do Sistema Confea/Crea. Previsto para 26 e 27 de março, evento ainda não tem nova data definida.

Com a medida, Crea e Abeclin visam contribuir para a contenção do novo coronavírus (Covid-19). Dez dias antes da realização da Conferência, a expectativa de inscritos já havia sido superada, contando com profissionais de diversas áreas das Engenharias e da Saúde, oriundos dos Estados de Goiás, São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, Espírito Santo, Minas Gerais, Amazonas, Bahia, Paraná, Pará, Sergipe, Pernambuco, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins e Rio Grande do Sul, além do Distrito Federal.

Outras informações sobre o evento, incluindo a nova data – assim que definida –, serão disponibilizadas no site www.creago.org.br/engenhariaclinica e também no site do Crea-GO. Para mais informações ou dúvidas sobre o evento, o contato também pode ser realizado pelos telefones (62) 3221-6282 // (62) 3221-6269 // (62) 3221-6251, na Coordenadoria de Cerimonial, Cursos e Eventos do Crea-GO.

Coronavírus em Goiás

O Decreto 9.633, de 13 de março de 2020, decreta estado de emergência na saúde pública do Estado de Goiás em razão da disseminação do novo coronavírus. Para enfretamento inicial da emergência de saúde decorrente do vírus, o decreto suspende, por 15 dias, todos os eventos públicos e privados de qualquer natureza. 

Segundo boletim da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), divulgado em 15 de março, há quatro casos de doença causada pelo coronavírus confirmados em Goiás. Ainda de acordo com a SES, há 85 casos suspeitos em investigação no Estado e todos já tiveram amostras coletadas para a realização de exames. Outros 49 foram descartados, com resultados de exames negativos para o vírus. Até o momento, não há confirmação de óbitos em Goiás.